Operário e Cuiabá empatam no primeiro jogo da final da Série C.

Garantida no Brasileirão B de 2019, equipe cuiabana chegou a impor vantagem de 3 a 2, mas cedeu empate contra Operário-PR neste domingo; decisão será no próximo sábado com Arena Pantanal lotada.

Josué Teixeira/Gazeta do Povo

Cuiaba e Oper�rio

Jean e Jenison, jogadores do Cuiabá dobram a marcação em Erick, do Operário-PR, no 1º jogo da final da Série C, que terminou empatado em 3 a 3

Em um jogo frenético, de seis gols e virada, Operário-PR e Cuiabá ficaram no 3 a 3, na tarde deste domingo (16), na primeira partida da decisão da Série C do Campeonato Brasileiro. O Fantasma chegou a abrir 2 a 0, o Dourado virou, mas cedeu o empate no fim. A partida de volta será no próximo dia 22 de setembro, às 18h, na Arena Pantanal.

O torcedor que chegou atrasado ao estádio, perdeu o primeiro do Operário. Com o calor da torcida a favor, o Fantasma iniciou a partida abafando o Dourado e, logo no primeiro ataque, o time paranaense abriu o placar, para explodir o Germano Krüger. Após lançamento da defesa, Peixoto desviou, Dione dominou dentro da grande área e bateu cruzado – a bola ainda bateu na trave antes de ir para fundo das redes de Victor Souza. Os donos da casa ainda ampliaram o resultado no primeiro tempo. Aos 45, Erick recebeu cruzamento de Baía e, de cabeça, o volante do Fantasma deslocou o goleiro do Cuiabá para aumentar o placar.

As melhores chances do Cuiabá na etapa inicial foi pelo alto. Marino e João Carlos tentaram de cabeça, mas, nas duas oportunidades, a bola saiu à direita do gol de Simão. No último lance do primeiro tempo, Adriano Pardal recebeu de Jean, de cabeça o atacante ficou na trave.

Momento em que Marino comemora, logo após marcar o segundo gol do Cuiabá de cabeça

No segundo tempo, o jogo mudou. Em apenas 22 minutos, o Cuiabá virou no Germano Krüger. Marino duas vezes e Jenison marcaram. Desde o início, o Dourado pressionou. A pressão surtiu efeito aos 3 minutos. Eduardo Ramos cruzou, Jenison dominou e rolou para Marino, que da entrada da área, de chapa, desviou do goleiro para colocar o Cuiabá no jogo novamente. O time Auriverde teve dominou a posse de bola e foi mais agudo no setor ofensivo.

O empate também foi marcado por Marino, após nova assistência de Jenison. Depois de cobrança de escanteio, Jenison desviou e colocou o artilheiro do Dourado nesta Série C livre de marcação para deixar tudo igual, em Ponta Grossa.

A virada veio aos 22 minutos. Jenison recebeu cruzamento de Eduardo Ramos, ganhou no alto de Sosa e, de cabeça, marcou o terceiro do Dourado. O Cuiabá teve chance de trazer uma vantagem ainda maior, mas parou nas defesas de Simão, após chute de Eduardo Ramos. No fim de jogo, no entanto, Robinho empatou para o Fantasma. O meia chutou, Edinei tentou cortar e a bola enganou Victor Souza.

Briga após o apito final

Ao fim do jogo, jogadores das duas equipes se envolveram numa confusão. Ninguém foi preso após o apito final do jogo. A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) irá analisar as imagens e aguarda a súmula do árbitro Leandro Vuanden para se manifestar sobre a briga.

Como fica?

Com o empate, a decisão da Série C segue em aberta e será decidida na próxima semana. Quem vencer fica com o título. Um novo empate leva a decisão para os pênaltis.

Os poucos torcedores do Cuiabá no estádio Germano Krüger, em Ponta Grossa, no Paraná, neste domingo, comemoram gols marcados no empate

FICHA TÉCNICA

  • OPERÁRIO-PR – Simão, Danilo Baía, Alisson, Sosa e Peixoto; Chicão (C), Erick, Dione e Cleyton; Robinho e Bruno Batata. Técnico: Gerson Gusmão.
  • CUIABÁ – Victor Souza; Jean, Edinei, Edson Borges (C) e Danilo; Alê, Marino e Eduardo Ramos; Jenison, Adriano Pardal e João Carlos. Técnico: Itamar Schulle.
  • GOLS: Dione, Erick e Robinho; Marino (2 vezes) e Jenison.
  • CARTÕES AMARELO: Edson Borges e Doda.
  • SUBSTITUIÇÕES: Anderson Paraíba, Quirino e Shumacher/Danilo Báia, Bruno Batata e Dione; Doda, Flávio Carioca e Bruno Alves/ João Carlos, Jenison e Adriano Pardal.
  • LOCAL: Estádio Germano Krüger, em Ponta Grosso (PR).
  • PAGANTES: 5.439 torcedores
    PRESENTES: 6.003 torcedores
    RENDA: R$ 127.280,00

GOLS DO EMPATE.

 

FONTE: RADAR ESPORTIVO/YOUTUBE/Josué Teixeira/Gazeta do Povo/RDNEWS/CBF

LEMBRADO A TODOS QUE AS INFORMAÇÕES ESPORTIVAS DURANTE O PERÍODO ELEITORAL SERÁ LEVADA ATÉ VC NO MERIDIONAL NOTICIAS SEGUNDA EDIÇÃO QUE VAI AO AR DE SEGUNDA A SEXTA AS PARTIR DAS 11:30 NA MERIDIONAL  FM 105,7 .

 

 

Comentários